TRINCA DE ASES

» Programação

TRINCA DE ASES

19 de outubro de 2017

Quinta-Feira

21:00

Auditório Araújo Vianna

- Porto Alegre - RS

Gil, Nando & Gal

A moça, o rapaz maduro calejado pela idade e o menino impetuoso e viril. Gal Costa, Gilberto Gil e Nando Reis são apresentados assim em Trinca de Ases, música inédita do baiano que batiza o show que o trio estreia em São Paulo (Citibank Hall, 4 e 5 de agosto). "Três mosqueteiros, três patetas, três poetas da canção", como descritos em outro verso da canção, juntos para celebrar a história de cada um, como elas se cruzam e o novo que brota do encontro.

A reunião foi realizada pela primeira vez no ano passado, em Brasília, em homenagem ao centenário de Ulysses Guimarães – idealizada pelo jornalista Jorge Bastos Moreno. Naquela noite de caráter especial, realizada quase sem ensaio, mostrou-se a potência da união: o diálogo dos violões de Gil e Nando, a voz de Gal revendo as canções do amigo baiano e revelando outras cores da estranheza pop do paulistano e sua "música ruiva", que ela nunca tinha cantado. Agora, esta potência aparece lapidada – e ampliada. Além de estarem os três o tempo inteiro no palco, em todas as formações vocais possíveis (trios, duetos e solos), eles têm o reforço de dois músicos: o baixista pernambucano Magno Brito, integrante da banda Sinara; e o percussionista baiano Kainan do Jêjê, que trabalha com Ivete Sangalo e também com a Sinara. Como os três mosqueteiros eram quatro, a Trinca de Ases tem cinco em sua composição. Ou sete, como multiplica Gil entre a poesia e a graça:

– Seremos três cantores e quatro músicos.

Ou ainda mais, pelo que se viu no primeiro encontro. Gal soa ora clássica (em Esotérico, na primeira vez em que a apresenta em dueto com Gil), ora nova (em Segundo sol), ora ambas (em Dois rios, parceria de Nando e Samuel Rosa que o próprio compositor nunca tinha tocado ao vivo até ali). E não só dois, mais muitos violões, híbridos, surgem quando os instrumentos de Gil e Nando se cruzam, em canções como Por onde andei e A novidade – numa relação de fascínio mútuo:

– Fico muito encantado com o violão rock-folk de Nando, ao mesmo tempo aquilo tudo adaptado às suas canções tão brasileiras – define Gil, que no show de Brasília chegou a dizer que gostaria de tocar como Nando, que na mesma hora respondeu: "Quer trocar?"

Agora, o paulistano reafirma sua devoção:

– Lembro quando "Expresso 2222" chegou lá em casa, o impacto que causou. E como aquilo,quando eu comecei a tocar, já estava em mim.

Gal também ocupa um lugar nobre na árvore genealógica musical de Nando:

– Depois de minha mãe, a voz que mais traçou os contornos de minha música foi a de Gal – diz o compositor, que prepara duas inéditas para o show, uma delas em homenagem à cantora.

Gal reconhece a descendência ("Nando é nosso filho", brinca). Com Gil, o "pai", ela tem uma longa lista de parcerias: o show "Nós, por exemplo" (1964); o álbum-manifesto Tropicália ou Panis et circensis (1968); a turnê dos Doces Bárbaros (1976); o show em Londres (gravado em 1971, mas lançado em disco só em 2014). Nando é o "menino impetuoso", o elemento novo na equação que chega como catalisador, gatilho de outros caminhos – num espetáculo com direção musical do trio e assessoria artística de Marcus Preto, que dirigiu Gal em Estratosférica.

– Tenho uma longa relação com Gil, mas quando Nando entra isso já vira outra coisa. Vou cantar coisas de Gil que nunca gravei – anuncia a cantora, referindo-se a um roteiro que vem cheio de surpresas. – Eu e Gil temos essa coisa de nos lançarmos nos abismos musicais. O arrojo é algo nosso.

O arrojo de três mosqueteiros, a leveza de três patetas, a grandeza de três poetas – Trinca de Ases, enfim, lançada à mesa.

Classificação

Duração

90min
aproximadamente

Compartilhar

As opiniões expressas nos espetáculos da Programação Cultural da Opus, são de responsabilidade de seus criadores e não refletem necessariamente a posição da Produtora, Parceiros e Patrocinadores.

» Mapa de Plateia

Mapa de plateia

» Localização

VALORES DOS INGRESSOS

Lateral em Pé
R$ 60,00

Plateia Alta Lateral
R$ 120,00

Plateia Baixa Lateral
R$ 120,00

Plateia Alta Central
R$ 200,00

Plateia Baixa Central
R$ 200,00

Plateia Gold
R$ 250,00

Comprar Ingresso

CANAIS DE VENDA OFICIAIS
*sujeito a taxa de conveniência

Ingresso Rápido Call Center
sac@ingressorapido.com.br. De segunda a sábado, das 11h às 19h, e feriados, das 12h às 18h.

Bilheteria do Teatro do Bourbon Country
Avenida Túlio de Rose, 80 / 301 - Porto Alegre, RS. De segunda a sábado, das 10h às 22h; domingos e feriados, das 14h às 20h.

Bilheteria Auditório Araújo Vianna
Avenida Osvaldo Aranha, 685, Parque Farroupilha - Porto Alegre - RS. Somente em dias de apresentação, a partir das 16h.

Bourbon Shopping NH
Quiosque Teatro Feevale - Av. Nações Unidas, 2001/Piso 2 - Novo Hamburgo, RS. De segunda a sábado, das 13h às 20h. *Pagamento apenas com cartão.

Bilheteria do Teatro Feevale
ERS-239, 2.755 - Novo Hamburgo, RS. De segunda a sexta-feira, das 9h às 21h; sábados das 9h às 13h. (51) 3271-1200.

DESCONTOS

50% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS, limitado a 100 ingressos. Vendas somente na bilheteria do Teatro.

10% de desconto para demais sócios do Clube do Assinante RBS. Vendas somente na bilheteria do Teatro.

** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos pontos de venda físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso às casas de espetáculo.

» Newsletter

Cadastre-se para receber nossa newsletter e participar de promoções.

Nome:

Email:

© 2017 Opus Promoções